Galeria

Pure McCartney – Nova coletânea de Paul McCartney

Intitulada Pure McCartney, a Hear Music lança a mais completa compilação da produção do artista depois dos Beatles. São 45 anos de carreira-solo, então haja espaço. Por isso, são 4 CDs com faixas escolhidas pessoalmente por Sir McCartney, algumas remixadas para a ocasião.

Pure_MainNews_Updated

Confira a tracklist:

CD 1
1. Maybe I’m Amazed
2. Heart Of The Country
3. Jet
4. Warm And Beautiful
5. Listen To What The Man Said
6. Dear Boy
7. Silly Love Songs
8. The Song We Were Singing
9. Uncle Albert/Admiral Halsey
10. Early Days
11. Big Barn Bed
12. Another Day
13. Flaming Pie
14. Jenny Wren
15. Too Many People
16. Let Me Roll It
17. New

CD 2
1. Live And Let Die
2. English Tea
3. Mull Of Kintyre
4. Save Us
5. My Love
6. Bip Bop
7. Let ‘Em In
8. Nineteen Hundred And Eighty Five
9. Calico Skies
10. Hi, Hi, Hi
11. Waterfalls
12. Band On The Run
13. Appreciate
14. Sing The Changes
15. Arrow Through Me
16. Every Night
17. Junior’s Farm
18. Mrs. Vandebilt

CD 3
1. Say Say Say (2015 Remix)
2. My Valentine
3. Pipes Of Peace
4. The World Tonight
5. Souvenir
6. Dance Tonight
7. Ebony And Ivory
8. Fine Line
9. Here Today
10. Press
11. Wanderlust
12. Winedark Open Sea
13. Beautiful Night
14. Girlfriend
15. Queenie Eye
16. We All Stand Together

CD 4
1. Coming Up
2. Too Much Rain
3. Good Times Coming/Feel The Sun
4. Goodnight Tonight
5. Baby’s Request
6. With A Little Luck
7. Little Willow
8. Only Mama Knows
9. Don’t Let It Bring You Down
10. The Back Seat Of My Car
11. No More Lonely Nights
12. Great Day
13. Venus And Mars/Rock Show
14. Temporary Secretary
15. Hope For The Future
16. Junk

Fonte: Whiplash

NOTA: O disco já está disponível em diversos serviços de streaming.

4 Respostas para “Pure McCartney – Nova coletânea de Paul McCartney

  1. Pingback: Pure McCartney – Nova coletânea de Paul McCartney — The Beatles College | O LADO ESCURO DA LUA

  2. Muito bom. Mas ele não poderia mesmo agradar a todos. SEmpre há aquela preferida não incluída. E algumas não preferidas que fazem parte. Eu gostaria que tivesse finalmente gravado oficialmente a Seems like Old Times. Que constasse aquelas menos populares e que são as que mais gosto, que mostram sua versatilidade e genialidade. Coisas como Two Fingers, Secret Friend e Seems like Old times, nunca gradada. E 222, claro, Deixaria de fora Temporary Secretary, talvez a pior coisa já composta por ele em todos os sentidos, além de ser contra as mulheres. Deixaria de fora Dear Boy, que tem letra ofensiva ao primeiro marido de Linda. É de uma arrogância impressionante. E nem pensar em Silly Love songs, outro erro que ele cometeu. Mas de um modo geral o disco me parece essencial. O original, claro. A pirataria já está rolando e feita por fãs! Juro que não entendo. A foto da capa é um equivoco, para meu gosto. Paul tem tantas fotos lindas…Super lindas. E escolheu uma dele com cara de bandido e mal tirada, ainda por cima. Amadora. Eu bateria uma foto melhor.

  3. Pingback: Paul McCartney abre o jogo: “sinto muita falta de John Lennon” | The Beatles College

  4. Pingback: Paul McCartney alega que ainda não sabe como ser compositor | The Beatles College

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s