Galeria

Gilmour grava ‘cover’ dos Beatles e confessa: “Me ensinaram a tocar”.

A edição de outubro da revista britânica Mojo vai às bancas londrinas nesta terça-feira (25/08) com uma rara preciosidade, um presente maravilhoso a seus leitores: um CD de David Gilmour, o eterno vocalista e virtuoso guitarrista do Pink Floyd, tocando e cantando sua versão de Here, There and Everywhere, dos Beatles.

David Gilmour, vocalista e guitarrista do Pink Floyd, revisita os Beatles: "Me ensinaram a tocar".

O CD vem acoplado à capa da publicação, dedicada a Patti Smith. E quem pensa que esse é o único presente, engana-se. A confissão de Gilmour é surpreendente: “Eu realmente desejaria ter sido um beatle”. E foi além: “Eles me ensinaram como tocar guitarra. Aprendi tudo sobre eles. Tirei todas as linhas de contrabaixo, os solos, as bases, tudo. Eles eram fantásticos”.

A capa da revista Mojo, com reportagem sobre Patti Smith e CD grátis de Gilmour tocando Beatles.

O cover de Here, There and Everywhere tem uma longa história. Em 2013, Gilmour gentilmente mandou à Mojo sua versão dessa música dos Beatles, que integrou o álbum Revolver, de 1966. O editores gostaram tanto que quiseram compartilhar a faixa com os leitores. Foram dois anos de negociações “e muita bajulação” até que Gilmour finalmente concordasse com a confecção de um CD e sua distribuição gratuita.

Gilmour gravou o cover  do Fab Four com seu filho Joe. No CD, composições de outros artistas, entre eles David Crosby & Graham Nash, Phil Manzanera, Robert Wyatt, Steven Wilson e The Pretty Things. Gilmour toca guitarra em todas as faixas.

O CD coincide com o anúncio do novo disco solo de Gilmour, Ratlle That Lock, nove anos depois de On a Island. O álbum tem data marcada para chegar às lojas: dia 18 de setembro.

Agora ouça o cover de Here, There and Everywhere, feito por David Gilmour:

Depois de ouvir essa versão, é lícito imaginar que David Gilmour teria sido um excelente beatle.

Fonte: Estadão

7 Respostas para “Gilmour grava ‘cover’ dos Beatles e confessa: “Me ensinaram a tocar”.

  1. Muito bom!

  2. David Gilmour é genial, mas eu acho que ele não acrescentou quase nada a essa música. Ficou uma versão meio ”pasteurizada” do original. Ok, ok, como ele desnecessariamente bancou o humilde, vou inclui-la em minha coleção de covers dos Beatles, afinal, lá tem versões em espanhol (algo tipo Gipsy Kings), tem Milton Nascimento e mais meia dúzia de mineiros, Rita Lee, Star on 45 e muita música “Disco”, até japonês tem (aliás, tem muito japonês, preciso organizar melhor minha coleção), árabe (?) e… não dá pra enumerar! Também não precisa, afinal, quando dá aquela vontadezinha de ouvir o original, não tem pra mais ninguém!!

  3. Iiii, lembrei: minha coleção de covers dos Beatles tem Glee. Juro que foi minha filha que me apresentou. A série é chata pra c., mas tenho que admitir, cantam muito e suas versões de Beatles são excelentes, vale a pena ouvir (pelo menos eu acho).

  4. Espetacular. Poderia, sim, sem dúvida alguma, ser o quinto Beatles no palco…

  5. Um presente maravilhoso da revista e de D. Gilmour. A revista sai no Brasil? Vale a pena comprar pelo CD. Ele não conseguiu ser um Beatles, nem seria possível, porque Beatles são Ringo, John, Paul e George. Mas ele é um Pink Floyd e com grande convivência com Paul. Convivência musical. Ele praticamente foi um dos Wings!🙂

  6. Manoel Osório

    Como um BEATLECARDIACO, entendo que o maior solista do rock progressivo, constatou que a melhor versão da Musica dos BEATLES, será sempre a original, comprovada pelo sucesso. Gilmour te aguardamos no RIO.

  7. Pingback: Gilmour grava ‘cover’ dos Beatles e confessa: “Me ensinaram a tocar” – Resenha Musical

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s