Galeria

Lou Reed diz que “nunca gostou dos Beatles”, em entrevista perdida

Conversa entre o artista e o jornalista Joe Smith foi transformada em animação como parte da série Blank on Blank, da PBS.

img-1018821-galeria-lou-reed-abre

Lou Reed relembrou as ideias que tinha para o Velvet Underground e as ressalvas que tinha a respeito os trabalhos da banda em uma entrevista recentemente redescoberta pela PBS. O canal transformou o material em uma animação que faz parte da série Blank on Blank. O cantor disse ao jornalista Joe Smith, em 1987, que sentia que o propósito da banda era “elevar o rock & roll e levá-lo onde nunca havia chegado antes”.

Ele também tinha críticas sobre outras bandas de sucesso nos anos 1960. “Quando [bandas] tentavam ser ‘artísticas’ era pior que rock & roll babaca”, ele disse. “O que quero dizer com babaca é, por exemplo, The Doors”. E o que ele achava do John Lennon e dos Beatles? “Eu nunca gostei dos Beatles,” disse Reed. “Eu achava eles um lixo. Se me perguntarem, ‘De quem você gostava?’ De ninguém.”

Em outro momento da conversa, Reed falou sobre viver em uma parte remota de Nova Jersey, onde ele ameaçava universitários curiosos com uma arma, e sobre as brigas que teve com engenheiros de som em estúdios.

Lou Reed também mencionou como ninguém percebeu que a faixa “Venus in Furs”, do álbum The Velvet Underground & Nico, é baseada em um romance, e disse ainda que a reação à “Heroin” foi algo como “Eu matei o Papa ou coisa do gênero”. Reed afirmou que a intenção ao trazer esses assuntos ao rock – referências a romances, por exemplo – era abrir os olhos das pessoas sobre a capacidade da música pop. “O que eu queria fazer era escrever rock & roll que poderia ser escutado à medida que a pessoa envelhecesse, sem que se perdesse nada”, afirmou. “Seria atemporal, o assunto e a profundidade da letra”.

A subversão pop de Lou será honrada no dia 18 de abril quando o músico será incluído como artista solo no Hall da Fama do Rock & Roll. Reed já era parte do Rock Hall como membro do Velvet Underground desde 1996.

O vídeo da entrevista é parte da série Blank on Blank da PBS, que anima longas – e esquecidas – entrevistas com nomes importantes da música e entretenimento. Outras das celebridades entrevistadas foram os músicos menos preferidos de Reed: John Lennon e Jim Morrison. Além deles, Robin Williams, David Bowie, Tupac Shakur, Wayne Coyne e Michael Jackson.

Veja a entrevista completa [em inglês]:

Fonte: Rolling Stone

7 Respostas para “Lou Reed diz que “nunca gostou dos Beatles”, em entrevista perdida

  1. Lou Reed foi coerente e acho que sua afirmação também está correta. Os Beatles não eram e talvez nunca sejam unanimidades. Ainda bem que é assim. Se todo mundo sem exceção gosta de alguma coisa, obviamente deve ter algo errado por aí. Eu mesmo, por exemplo, gosto muito de Beatles, mas não curto todas as suas músicas. Então imagine Lou Reed e sua Velvet Underground, que até hoje soa como vanguarda? Ah! A animação é genial.

  2. Por falar em PBS, tem um vídeo legendado da entrevista do John Lennon. Quem quiser conferir:

  3. Isso é recalque, pois Lou Reed jamais teria 1% de talento que os Beatles tiveram, e ele e suas músicas é que eram um verdadeiro lixo. “Walkin on the Wild Side”…… grande merda!

  4. Eu também nunca gostei do Lou Reed, nem das músicas dele. Dizer que não gosta dos Beatles, The Doors e outros artistas de renome do Rock é caretice e pra mim o Lou Reed sempre foi um artista medíocre. Não suporto Lou Reed.

  5. Da minha parte eu so´posso dizer que não gosto de Lou Reed. Acho horrivel, sem graça e nunca vi seu talento em praticamente nada, exceto em ‘Walk on the Wild Side”. Eu jamais o colocaria no Hall of Fame. Lamentavel que passem essa animação na tal noite porque mostra ainda que era arrogante e mal educado. Claro que tem o direito de não gostar dos Beatles, assim como eu não gosto dele. Mas respeito é fundamental. Quando Lou faleceu eu fiz homenagem a ele no meu face colocando a única que gosto de suas músicas, sem falar que não gostava das outras. Firmei no positivo. Agora jogam esse lixo na noite da festa? Que horror. Lembrando que Paul estará lá com Ringo! Muita falta de respeito a eles. Outra coisa: enquanto continuarem se referindo aos Beatles apenas como músicos não entenderão nadica de nada. Beatles sempre estiveram além disso. E quem não entendeu é porque perdeu o trem da história.

  6. Nossa MPB tem uma canção que diz assim: “quem não gosta de samba bom sujeito não é, ou é ruim da cabeça ou doente dos pés”.
    Parafraseio para descrever esse recalcado medíocre: “quem não gosta de Beatles bom sujeito não é, sabe nada de rock, é um pobre mané”.

  7. kkkkkkkkk é mesmo servomarcos1950.Quem não gosta de Beatles não sabe de música uai.(sou de Minas Gerais kk).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s