Galeria

Gravação inédita dos Beatles em clube de strip na Alemanha será vendida em leilão

As apresentações foram feitas apenas quatro meses após Ringo Starr ter sido convidado a se juntar ao grupo, e dois meses depois do lançamento do primeiro single do quarteto, “Love Me Do”.

img-1023915-beatles

Gravações raras dos Beatles tocando em um clube de strip em Hamburgo, na Alemanha, em dezembro de 1961, serão leiloadas a partir do dia 27 de fevereiro. A casa de leilões Ted Owen & Co. vai oferecer a cópia original dos concertos no Star Club, realizados entre o Natal e o Réveillon daquele ano. O preço inicial da fita é de US$ 150 mil, segundo o jornal The Guardian, mas espera-se arrecadar um valor muito superior.

A gravação foi feita apenas quatro meses após Ringo Starr ter sido convidado a se juntar ao grupo, e dois meses depois do lançamento do primeiro single do quarteto, “Love Me Do”. A gravação original esteve sob a posse de muitas pessoas ao logo dos últimos anos – o que inclui duas tentativas frustradas de aquisição por parte do empresário dos Beatles, Brian Epstein, e Yoko Ono – até, recentemente, cair nas mãos de Larry Grossberg, ex-empresário de Andy Warhol e Muhammad Ali.

É Grossberg quem está colocando a gravação em leilão. Ele afirmou ao Guardian: “Tenho 74 anos, é hora de vender. Não quero que minha família tenha o fardo de revirar minhas coisas e liquidar tudo o que guardo”.

De aproximadamente três dúzias de músicas que a banda apresentou, apenas duas delas – “I Saw Her Standing There” e “Ask Me Why” – foram escritas por John Lennon e Paul McCartney. O resto eram covers que logo se tornariam famosas na voz do quarteto de Liverpool, como “Roll Over Beethoven”, de Chuck Berry, e “Twist and Shout”. O leilão também incluirá o rolo completo das gravações do Star Club, incluindo as brincadeiras e conversas entre os integrantes da banda que não fazem parte do álbum ao vivo dos Beatles.

Fonte: Rolling Stone

5 Respostas para “Gravação inédita dos Beatles em clube de strip na Alemanha será vendida em leilão

  1. Uma coisa assim pertence ao mundo. Espero que aquele que arremate compartilhe conosco esta raridade. E eu que não sabia que o Star Clube era um clube de strip?

  2. João Arnaldo

    Tem informação errada na matéria da Rolling Stone: As gravações ocorreram em dezembro de 1962, e não em 1961.

    Para quem quiser ouvir essas gravações, a primeira parte de 13 está aqui:

    Depois é só seguir a sequência.

    Abs.

  3. João Arnaldo

    Esqueci-me de dizer, o Star Club não era um club de strip – mais um erro da Rolling Stone. Era muito mal frequentado, mas não havia shows de strip, na época das gravações.

  4. Estou louca para que tenhamos acesso! Love me do está cheio de versões emocionantes, devido à sua importância histórica e e sua técnica para a época! Estou ansiosa!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s