Galeria

Razões pelas quais todo adolescente deveria saber quem é Paul McCartney

Na noite de Ano-Novo, Paul McCartney e o rapper Kanye West lançaram um single em parceria, intitulado Only One. A inusitada colaboração causou muitos comentários na última semana – e o principal deles foi devido ao fato de que, logo depois da estreia da música, vários fãs de Kanye se perguntaram, nas redes sociais, quem diabos é Paul McCartney. É claro que a questão logo se tornou uma piada, e, daí, um viral. Entrando na brincadeira, a revista Rolling Stone norte-americana elaborou uma lista com “Razões Pelas Quais Todo Adolescente Deveria Saber Quem é Paul McCartney”. Vale a pena conferir:

Ele foi a principal atração do Super Bowl em 2005

O intervalo do Super Bowl, a decisão do campeão da liga de futebol americano dos Estados Unidos, é sempre uma grande atração musical – em 2005, o headliner foi justamente Paul McCartney, que tocou três clássicos dos Beatles: Drive My Car, Get Back e Hey Jude. Estima-se que pelo menos 84 milhões de pessoas acompanharam o show pela televisão.

Ele se apresentou no Grammy de 2006 com Jay Z e Linkin Park

A matéria da Rolling Stone brinca que um viral do tipo “Quem é este cara cantando com o Jay Z e o Linkin Park?” só não surgiu em 2006 porque o Twitter ainda não havia sido inventado na época. O rapper e a banda apresentaram um combo das músicas Numb e Encore – e a faixa foi lentamente se transformando em Yesterday, até que o próprio Paul apareceu no palco para cantá-la. A propósito: Jay Z estava vestindo uma camiseta estampada com o rosto de John Lennon.

O jogo The Beatles: Rock Band vendeu mais de um milhão de cópias

No fim de 2008, o jogo Rock Band estava no auge da popularidade: mais de 4 milhões de unidades já haviam sido vendidas, e seus criadores foram citados na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista Time. No ano seguinte, uma versão do jogo totalmente voltada para as músicas dos Beatles foi lançada, com supervisão do próprio Paul – e vendeu mais de um milhão de cópias nos Estados Unidos.

A campanha da entrada dos Beatles no iTunes foi totalmente inevitável

Os Beatles só disponibilizaram seu catálogo musical para venda online no iTunes em 2010 – e a entrada tardia da banda fez com que a Apple realizasse uma campanha publicitária massiva nos Estados Unidos, através de múltiplos comerciais de TV, cartazes, outdoors e anúncios virtuais. “Eu estou particularmente feliz de não ter mais que responder a perguntas sobre quando os Beatles vão entrar no iTunes”, disse Ringo Starr na época. Ele também deve ter ficado feliz quando o grupo vendeu mais de 2 milhões de cópias digitais de suas canções na semana de estreia.

Paul fechou a cerimônia de abertura das Olimpíadas em 2012

O espetáculo de abertura das Olimpíadas de 2012, realizadas em Londres, contou com Paul no encerramento – e o músico fez o estádio todo cantar Hey Jude por cerca de seis minutos além do fim da canção. “Eu não consigo parar!”, ele brincou, enquanto a plateia continuava o coro. O show de abertura também contou com a banda Arctic Monkeys, que fez um cover de, adivinhe só, uma música dos Beatles: Come Together.

Paul conduzindo o coro durante a cerimônia de abertura das Olimpíadas de 2012

Paul conduzindo o coro durante a cerimônia de abertura das Olimpíadas de 2012

Paul se apresentou com três ex-integrantes do Nirvana no Sandy Relief Concert

Foi difícil perder o show realizado em prol das vítimas do Furacão Sandy: o espetáculo foi transmitido por 39 emissoras de TV, diversas rádios, 25 sites – incluindo o YouTube e o Vevo – e cinemas selecionados nos Estados Unidos. Como se não bastasse, a apresentação de Paul foi realizada em parceria com os membros ainda vivos do Nirvana – inclusive Dave Grohl, líder e vocalista do Foo Fighters.

Você assistiu televisão ultimamente?

Todas as três primeiras temporadas do seriado musical Glee tiveram pelo menos uma canção dos Beatles cada, e a quinta temporada contou com dois episódios inteiros totalmente dedicados às músicas da banda. A sétima edição do American Idol teve dois episódios baseados nas faixas do grupo, e o vencedor David Cook cantou Day Tripper e Eleanor Rigby. Os jurados do The Voice norte-americano, Shakira, Blake Shelton, Usher e Adam Levine apresentaram uma versão de With a Little Help From My Friends em 2013. E a notícia de que a série Mad Men pagou US$ 25 mil para usar a música Tomorrow Never Knows em um episódio causou comentários e mais comentários na internet. Matthew Weiner, criador do seriado, definiu os Beatles como “a banda do século XX”.

Ele é amigo de Jimmy Fallon

Falando em televisão, o beatle e o popular apresentador vivem causando juntos na internet. Em 2010, os dois cantaram uma versão cômica de Yesterday, com novos versos; e, em 2013, um vídeo em que a dupla “trocava” de sotaques se tornou viral, com mais de 2,8 milhões de visualizações. Confira:

E que tal estes ídolos adolescentes prestando homenagens aos Beatles?

Para comemorar os 50 anos da primeira aparição dos Beatles na TV norte-americana, um show logo após o Grammy reuniu uma série de artistas para recriar alguns dos maiores sucessos do Fab Four – entre eles, Katy Perry, Ed Sheeran e Imagine Dragons.

Ele é o pai de Stella McCartney

Stella veste celebridades do mundo da música e do cinema, criou linhas para a H&M e a Target, e há dez anos assina uma coleção esportiva da Adidas. Ela também apareceu na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da revista Time, e seu trabalho é celebrado por revistas como Vogue e Elle.

paul-stella-1024x682

Adolescentes nasceram na era das ferramentas de busca na internet

E, se você digitar “pau” no Google, a primeira sugestão que aparece é “Paul McCartney”.

Os Beatles ainda são incrivelmente populares entre os jovens

Ou pelo menos é o que demonstra este vídeo da websérie Kids React, que apresenta e questiona crianças a respeito de objetos, modas e bandas que teoricamente não são “do seu tempo”. Veja:

Por Marina Martini Lopes / Fonte: ClicRBS

6 Respostas para “Razões pelas quais todo adolescente deveria saber quem é Paul McCartney

  1. Os adolescentes de hoje não fazem idéia do que é clássico. Não digo que não sabem o que é bom porque cada um tem o seu gosto e não posso interferir, mas não saber uma coisa como quem foi um dos maiores astros de todos os tempos já é ignorância.

  2. Muito bom…Incrivel a Rolling Stone ter feito essa matéria, pois costumam malhar Paul com certa frequência. Maravilha. Eu diria mais: o principal motivo é que ele é para sempre parte de uma banda que mudou o mundo e mudaria ainda mais se algo oculto não tivesse atrapalhado. O que esses garotos trouxeram de novidade…só mesmo quem viveu nos anos 60 pode se lembrar. Foi como se, de repente, um mundo em preto e branco ganhasse todas as cores. Musicalmente, espiritualmente e comportamentalmente…Assim como é essencial que qualquer pessoa saiba quem foi Beethoven, ou Mozart ou Tchaikowski, ou Chopin…é essencial que saiba quem é Paul McCartney ( e John, e George e Ringo). Assim como temos de saber quem foi Elvis, James Dean e Marilyn Monroe, para entendermos os anos 50, é preciso saber o significado dos Beatles ( e Bob Dylan) para o mundo ou então nada saberão sobre o que significou os anos 60. Digo que também temos de saber sobre John Kennedy, Martin Luther, Che Guevara, e JK no Brasil ….Temos de saber quem foi Glauber Rocha, Tom Jobim e Roberto Carlos sim. . Uma geração que não sabe quem fez e faz historia, não sabe a própria história. Sem saber história não se vive bem o presente e repetimos erros para o futuro. Paul e Ringo fizeram e fazem história. São exemplos de cidadãos benéficos para o planeta. Se há aqueles sem saber é falha dos educandários e professores. Mesmo que Paul ache engraçado seu nome no curriculum escolar.🙂
    Encerrando…que maravilha a apresentação do grammy Yesterday ficou sensacional com roupagem rap.

  3. Eu só acho que “Adolescentes nasceram na era das ferramentas de busca na internet” foi o melhor queimão que eu já vi em toda a minha vida, ri muito, e por experiência própria, concordo com essa frase, pois sou adolescente e acredito que não, ou, pelo menos, ainda não seria fã dos Beatles se não fosse a internet. Quanto a Sir. Paul McCartney, ele é simplesmente incrível!

  4. Os adolescentes não tem que saber somente quem é Sir Paul McCartney,tem que saber dos outros Beatles também.Esses dias uma amiga minha falou que quase ninguém mais lembra dos Beatles,que a época deles passou,que não são mais famosos…Eu simplismente ROLEI DE RIR KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.E disse que ela estava cometendo um heresia e que não sabe o que é música de verdade.Ela cometeu um erro terrível.Também disse a ela THE BEATLES FOREVER!Isso calou a bocona dela! 😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s