Galeria

Livro infantil mostra trajetória dos Beatles em quadrinhos

A banda mais importante da história do rock tem mais uma vez a sua trajetória contada em quadrinhos.

14003277

Os artistas ingleses, que se separam há mais de 40 anos, ainda influenciam o mundo todo. Afinal, os caras gravaram músicas tão boas, que não saem da cabeça das pessoas e até hoje conquistam novos fãs.

A HQ Os Beatles: Iê Iê Iê foi escrito pelo jornalista inglês Mick Manning e ilustrado pela  sueca Brita Granström. A história da banda é contada desde 1957, quando Paul McCartney entrou para o Quarryman, grupo formado por John Lennon; e segue mostrando a trajetória dos guris nos anos 60.

O livro também explica como a amizade deles era forte e verdadeira. As histórias sobre músicas famosas, como Yellow Submarine, também estão retratadas nas páginas do livrinho.

Fonte: ClicRBS

Anúncios

3 Respostas para “Livro infantil mostra trajetória dos Beatles em quadrinhos

  1. Vou dar um monte pra minha irma pra ela conhecer a beatlemania quanto mais beatlemaniacos melhor

  2. Fico querendo saber como contaram o final da história. Até hoje ninguém sabe ao certo. Nem eles. Outro dia vi uma declaração de Paul dizendo não entender o que aconteceu, a causa real de terem ficado tão agressivos uns contra os outros. “Coisas que não fazíamos com inimigos, nós fizemos contra nós mesmos. E em público”. Dizia também que John se aborrecia com coisas que não eram tão sérias assim, como por exemplo, ele ter falado que os Beatles tinham se separado. Qual o problema, pois se era verdade? Ao que parece John achava que apenas ele poderia dar a notícia. Realmente isso não é motivo para ele ter a reação que teve. Mesmo porque a declaração de Paul era até esperançosa. Lembro de ter lido isso em Londres…Alguém se lembra? Tinha um sinal em algum lugar que talvez ainda voltassem. Que estavam dando um tempo porque não tinha como continuar naquele momento. Algo assim. John passou a ter raiva até da extrema facilidade de Paul para se inspirar e compor. Antes isso era motivo de alegria. “Eles cheqava com dez músicas novas e dizia: vamos gravar.” John só tinha três e pedia um tempo para compor mais. A competição que tinham era positiva antes. Um levava o outro a buscar mais idéias. Depois completavam o que faltava juntos. E ficava tão lindo. De repente, virou competição no pior sentido da palavra. Um querendo derrubar o outro. Fim da parceria criativa. E como isso se deu? Por qual motivo? Não sabemos. Para piorar as novas mulheres davam força a essa separação. Não procuravam a harmonia entre os amigos, muito pelo contrário. Queriam ser as novas parceiras musicais. Esse assunto é tabu entre muitos fás. Mas quem quiser entender um pouco mais não pode deixar de analisar o papel feminino da separação dos Beatles. Paul chegou a se convencer que os companheiros eram como colegas do serviço militar! E que um dia temos de dar adeus a eles, casar, criar filhos…Credo! Amigos do serviço militar surgem meio que impostos. Os Beatles não foram impostos. Eles escolherem se unir para fazer música. E comparar o tempo em que tinham como profissão fazer música juntos com o serviço militar é de um mau gosto inaceitável. É ofensivo! Mesmo se fosse…Ninguém precisa dar adeus aos amigos devido a casamento. Deviam saber disso pois John casou-se muito cedo e já tinha até um filho quando começou a beatlemania. George e Ringo se casaram no auge da fama e em nada atrapalhou, Paul não era casado mas era como se fosse. Jane morava com ele. E estava mais criativo do que nunca. Ringo teve filhos cedo também. Parece que ele precisava se convencer de alguma forma que tinha sido certo a separação…Pessoalmente vejo outra pessoa colocando bobagens na cabeça de Paul, inteligente demais para falar tamanha bobagem. Costumam falar também num círculo que se fechou. Os círculos não precisam ser fechados na violência. Eles seguirem carreiras solo é compreensível. A forma como isso se deu é que espanta. Com o detalhe que, com o passar do tempo, viram que a ligação entre eles permanecia. Estavam sempre participando dos discos uns dos outros, ou mesmo todos juntos, como no Al Those Years Ago e nas Antologias. Ainda hoje vemos Ringo e Paul se encontrando, como no concerto para George e até recentemente na festa dos 50 anos. Por isso qualquer história dos Beatles editada ficará incompleta se apenas disseram que pararam de gravar. . O final, que não foi mesmo um final ( a magia permanece) é por demais misterioso. Eu prefiro dizer que viveram a Noite Escura da Alma, um pesadelo pela qual todos passamos. Só que eles passaram ao vivo e a cores culminando com a vitória do amor, ao conseguirem ser reconciliar de forma tão bonita. Infelizmente há também o lado trágico se olharmos suas vidas indivduais…John sendo assassinado. George esfaqueado e ainda com câncer generalizado. E a parte boa? Os dois restantes assumindo que são Beatles e carregando a tocha até os dias de hoje. Se as historinhas se lembrarem disso será importante ler. Pois me convenço mais a cada dia que é tarefa dos fás manter da melhor forma possivel, a chama acesa. Say the word, the word is Love.

    • Sertaneja, se separaram porque, depois da morte do empresário Brian Epstein, cada um ficou dando palpites sobre quem poderia empresariá-los, o Paul queria o seu sogro e os outros três queriam Allen Klein, um safado que já roubou os Stones, então discussões vieram e também eles já estava de saco cheio e sufocados pelo estrondoso sucesso dos Beatles sem precedentes. Aí decidiram cada um seguir sua carreira solo. paul anunciou publicamente o fim dos Beatles e o John ficou puto com isso, não queria anunciar o fim da banda que ele dizia que foi ele quem criou. Mas no fim dos anos 70 eles estavam voltando a ficar amigões de novo até que um débil mental tira a vida do John e faz com que o sonho tenha realmente terminado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s