Galeria

John & Yoko – Uma mensagem para quem realmente é fã de Lennon!

Texto escrito por Lizzie Bravo

“Jamais vou conseguir entender uma pessoa que diz ser fã do John e desrespeita sua mulher, o grande amor da sua vida, sua inspiração, seu tudo. Você não precisa gostar dela cantando, nem da sua arte, nem de tudo que ela diz/faz, mas RESPEITO é essencial.

Pentelha? Pois é, ERA O JOHN QUE FAZIA QUESTÃO DELA ESTAR DO SEU LADO O TEMPO TODO. Se algum de vocês tivesse visto os dois juntos, como eu vi muitas vezes, e entendessem a dimensão desse amor – que a maioria dos seres humanos jamais vai experimentar – talvez fizessem diferente. A outra coisa é o PRECONCEITO: mulher, oriental, forte, inteligente, culta, toca piano clássico desde os 5 anos, de família milionária, quase uma família real no Japão, etc. etc. Se fosse uma ‘lora-burra’ que abrisse as pernas pro marido, botasse laquê no cabelo, se arrumasse toda e ficasse calada, todo mundo ia achar bacana. VIVA A YOKO E TODAS AS MULHERES FORTES DESTE MUNDO!!!

P.S. O John ia detestar pessoalmente cada um de vocês que fala desse jeito da mulher dele.

Como mulher que saiu de casa aos 15 anos e trabalha desde então, que criou a filha sozinha dando muito duro, que sempre defendeu o direito à igualdade entre homens e mulheres, fico MUITO injuriada com quem insulta a Yoko. Deixar passar batido seria concordar, e isso não farei jamais.”

john-e-yoko-2

Palavras do John numa entrevista pra Playboy:

“But what about the charge that John Lennon is under Yoko’s spell, under her control?
LENNON: Well, that’s rubbish, you know. Nobody controls me. I’m uncontrollable. The only one who controls me is me, and that’s just barely possible.
Still, many people believe it. Listen, if somebody’s gonna impress me, whether it be a Maharishi or a Yoko Ono, there comes a point when the emperor has no clothes. There comes a point when I will see. So for all you folks out there who think that I’m having the wool pulled over my eyes, well, that’s an insult to me. Not that you think less of Yoko, because that’s your problem. What I think of her is what counts! Because… fuck you, brother and sister… you don’t know what’s happening. I’m not here for you. I’m here for me and her and the baby!”

Traduzindo: “Mas e a respeito do que dizem que John Lennon está sob o jugo de Yoko, é controlado por ela?

LENNON: Bem, isso é lixo, você sabe. Ninguém me controla. Eu sou incontrolável. O único que me controla sou eu, e isso nem é tão possível.
Ainda assim, muitas pessoas acreditam nisso.

Escute, se alguém vai me impressionar, seja um Maharishi ou uma Yoko Ono, chega um momento em que o rei se desnuda. Chega um momento em que eu vou ver. Então para todos vocês pessoas aí que pensam que eu estou sendo subjugado, bem, isso é um insulto para mim. Não por que vocês desfazem de Yoko, porque isso é um problema de vocês. O que eu penso dela é o que conta! Por que … foda-se, irmão e irmã … vocês não sabem o que está acontecendo. Eu não estou nem aí pra vocês. Estou aqui para mim, pra ela e para o bebê!

Lizzie Bravo e John Lennon em 1968

Lizzie Bravo e John Lennon em 1968

Conheça AQUI a história de Lizzie Bravo com os Beatles.

Fonte: We Love The Beatles Forever
Via: @_alinessilva

Anúncios

16 Respostas para “John & Yoko – Uma mensagem para quem realmente é fã de Lennon!

  1. Ai Lizzie, me perdoe, mas não há como pensar que aqueles que não aceitam as ações de Yoko não sejam fãs de John, Porque, querida, isso simplesmente não é verdade. Dificilmente poderá haver pessoa que mais ame John do que eu. Pode haver quem ame igual mas não mais do que eu. Ninguém é obrigado a gostar das esposas dos ídolos. Elas não fazem parte! Está claro também que nem todos nós temos de acreditar que ela foi sua única inspiração, o grande amor de sua vida, e todas essas coisas que dizem. Eu não creio nisso. Seria invalidar John enquanto Beatle, antes de Yoko! Impossível! Como não ver sua genialidade antes dela, ou no tempo com ela, mas também sob a influencia do Beatles Love? Seu melhor tempo! Com ela sua inspiração meio que minguou. Para mim é um grande engano essa história de amor tendo como base a midia, o marketting, as imagens criadas ou breves momentos de convivência. Acreditar que nós que a apreciamos não somos fás verdadeiros é o mesmo que tirar o amor de pais que se preocupam com os filhos ao sentirem que estão indo por um caminho indevido. Muitos que não curtiram Yoko, na verdade se preocupavam ao ver John afundado na heroína juntamente com ela, e ainda por cima, usando a desculpa do amor a ela, para praticar o desamor aos amigos, a esposa e ao filho. O verdadeiro amor é universal. É aquele de All You need is love cantado com os Beatles. Nunca o niilismo de God. Foi por amor que George Harrison se preocupou, procurou se informar e o avisou. Dizem que ele respondeu com um soco no George. Nossa..um soco naquela carinha linda. Não há confirmação disso, mas há palavras que machucam tanto quanto um murro. ” Ah, mas é porque eles não gostavam dela” costumam dizer. Não sei se não gostavam dela. Não gostavam do que estava acontecendo. Não gostavam de suas ações. Não gostavam de estar diante de um novo John incapaz de ver os absurdos ao ser redor. O tempo provou que pelo menos quanto a Allen Klein ela estava completamente errada, e seu erro quase levou todos à bancarrota. Mas John só acreditava nela…Seu erro também criou um caos…que prefiro nem mais pensar. Prefiro apagar aquele tempo. Ao que parece, Paul tentou alguma coisa. O casal morou com ele por algum tempo. E soube ontem que houve também uma tentativa de formarem um quarteto não sei bem como. Isso mesmo: algo seria feito entre John, Yoko, Paul e Linda. Houve esse sonho de convivência por volta de 74. . Que jamais aconteceu. Não sei se era algum projeto musical. Se era..ainda bem que não deu certo. Yoko e Linda juntas seria dose cavalar.kkkkk A propósito, se não tenho como criticar yoko como ser humano, e não seria mesmo correto, E ela com certeza tem boas qualidades, tenho como avalia-la como artista. Para mim ela é uma das maiores fraudes de todos os tempos. E ele, com tão bom gosto, não foi capaz de notar sua falta de talento. Quanto à sua vida com John, eu nada tenho de concreto, portanto seria leviandade da minha parte divulgar o que apenas intuo. Mas assim como não posso afirmar que eram infelizes no final ( sinto assim,mas não tenho provas), ninguém também tem como afirmar que eram felizes. A musica Early Days de Paul diz algo verdadeiro. Quem não estava lá não tem como dizer nada. E não podem tirar dele suas lembranças. É um puxão de orelhas a todos nós que costumamos achar que temos as respostas, que vimos tudo, que sabemos a verdade. Não sabemos. Mas precisamos estar abertos à ela doa a quem doer. All I want is the truth. Da mesma forma que afirmar coisas como Yoko sendo a responsável pela prisão de Paul, ou até pelo assassinato de John, sem provas, é inaceitável, afirmar que viviam num paraíso também carece de fundamento. Tenho por mim que, para que possamos ter pelo mesmo um vislumbre da verdade deste enorme mistério Beatle, temos de nos livrar de todos os preconceitos, de todas as idéias tanto pro como contra, de saber ouvir as mensagens subliminares, de conhecer mais sobre a vida deles desde Liverpool, de ouvir com a mente aberta e coração à larga. Sem críticas. Procurar ler e ver tudo que se passou no tempo dos Beatles que refletiram no tempo da carreira solo, de cortar as falsas crenças, como por exemplo, a que poetas e compositores só escrevem para suas esposas, de duvidar de qualquer lenda divulgada na net sem comprovações, de encher o coração de amor incondicional. Pode ser então que verdades nos cheguem em sonhos, pois muito dificilmente serão divulgadas pela midia. Pode ser que nossa intuição nos revele. Pode ser que possamos entender a linguagem corporal ao longo dos anos. Eu revelo aqui que vi algo apavorante no video de How do You Sleep. Parecendo até filme de terror. Mas foi num tempo que deve ser esquecido. Aquilo que vi pode ter sumido com o passar dos anos. Enfim, o melhor é apreciar a música sem julgamentos. E também sem julgar nossa capacidade de amar. Lizzy ninguém pode tirar o amor que sinto por John. They can’t take it from me…Jamais conseguiriam. Saiba que ontem tive o enorme prazer de ouvir sua gravação de Accross the Universe com eles. Fiquei emocionada. Passaram no Beatles Hour! Parabéns! 🙂

    • A Lizzie em momento algum falou que os fãs do John tem que gostar da Yoko, ela apenas afirmou que os verdadeiros fãs dele, como você tanto acredita ser, devem respeito à ela. Na verdade, respeito nem deveria ser pedido, visto que é algo que todos merecem, até mesmo a japonesa com quem você nunca trocou uma palavra ou mesmo viu antes. Antes de conhecer a Yoko, o próprio John disse que não conhecia o amor, quando ele compôs “All You Need Is Love” não falava com todo o coração, ele foi um esposo abusivo pra Cynthia e um pai ausente pro Julian, conhecer a Yoko foi um recomeço e por esse bem que ela fez pra ele, você deveria reconhecer o valor dela.

      • vocês são muito obcecadas, dá até medo
        a Yoko nem sabe que vocês existem, e provavelmente nunca saberá.
        tem que ter respeito sim, isso é essencial já é obrigação.

  2. Temos sim que concordar que John ficou totalmente obcecado por Yoko. Numa hora em que ele queria alguém que o desafiasse, que o fizesse conhecer novos horizontes, ela disse SIM, literalmente. Acredito que ela não fazia tanta questão de estar gravando com os Beatles. por exemplo. mas John a queria em todo o lugar. Talvez a História do nosso querido quarteto fosse diferente se não fosse ela. Mas não a culpo pelo fim dos Beatles, nem ao menos ao fim de John. Uma hora eles iriam se separar. Podemos ver no decorrer da História, governantes que ficaram muito tempo no comando e que perdem o poder, pois há um desgaste. Uma hora os Beatles iriam se desgastar uns dos outros, com ou sem Yoko, não cabe a nós culpá-la. Conhecendo John de uma maneira que só fãs conhecem, de maneira intuitiva (como você disse sertaneja) e compreensiva, entendo o porquê dele ter ficado com Yoko. Imaginem em um mundo em que todos te conhecem, e têm um interesse por trás de tudo o que você faz, surge alguém que não o conhece. Você ia poder conversar como depois de tanto tempo! Temos que pensar muito bem: o que John Lennon estava fazendo numa exposição de arte? Ele já estava atrás de algo, e o encontrou…lógico que inicialmente, se tem uma preocupação (como um pai se preocupa com o filho), pelos caminhos que John estava andando depois de conhecer Yoko. Algo que vai muito além de drogas. Mas, ele já tinha passado por tanta coisa, e experimentar uma coisa tão diferente, talvez não tenha sido tão ruim. Gosto de pensar em John, em seus melhores dias, amigo dos outros beatles, um bom marido e um bom pai. Foi dessa maneira que ele morreu. E FOI DESSA MANEIRA QUE YOKO O VIU PELA ÚLTIMA VEZ. Só de imaginar a cena da morte de John, eu choro e me arrepio, e quem viu ao vivo? E como que ela conta isso para um menino de 5 anos, que seu pai morreu? O que ela passou não é brincadeira! Por isso, parabenizo tanto o texto de Lizzie quanto o de sertaneja, meio que vocês duas têm razão, John é John, e todas nós sabemos disso! Um pouco depois dos Beatles terminarem, John afirmou que nunca tinha composto cara a cara com Paul. Passaram-se alguns anos e ri e diz que era mentira, que muitas foram compostas cara a cara. Sendo assim, ele era um cara totalmente imprevisível, e que podia mudar de ideia. ELE GOSTAVA DE SURPREENDER. E independente se Yoko foi a certa para ele, ou a errada, acredito muito bem que ela fez a ele um bem enorme (o tirou do LSD, por exemplo) e irá ficar marcada para sempre pelo que fez de bom ou ruim (até porque, quem não comete erros?).

  3. Colocando-se na pele de Yoko e de Lennon, é fácil ter essa visão.

    Difícil é se colocando na pele de Cynthia.

    Concordo que devemos respeitar Yoko, mas não tem como nos esquecer de como ela, com a cumplicidade de Lennon, faltou com o devido respeito a Cynthia, entrando em casa e usando a roupa desta, enquanto estava ausente e sabendo que logo chegaria. Não é difícil imaginar o estado de choque emocional em que Cunthia ficou.

    Cynthia merece o nosso respeito ainda mais, pela maneira elegante com que enfrentou aquilo, sem fazer nenhum barraco.

  4. Yoko não tem talento, e o John batia na Cynthia.
    e mesmo assim eu só gosto das musicas deles, da vida pessoal já não me importa eu não vou ganhar nada com isso mesmo. u.u

  5. Felipe Felizardo

    Não gosto da postura da Yoko perante obedecer às babaquices do Lennon do tipo ficar no estúdio e tudo mais. Não sei se ela sentia que estava incomodando os demais Beatles, mas por ela ser uma mulher de postura firme como veio a mostrar um tempo depois, ela se permitiu a isso. E a postura pós-morte do John quanto a Julian e Cynthia foi deveras egoísta, tanto quanto a de John ao só colocar ela e Sean no testamento. Ela com a herança em mãos, se fosse justa, teria dado parte ao Julian e à Cynthia, como veio a fazer depois (não tenho certeza) mas uma mesada. Como música é uma ótima pianista e só. John não precisava nunca tê-la colocado em uma banda, muito menos pra fazer vocal. Ela se permitiu às doideiras dele. Ela sabia que ele detonaria os Beatles assim e deveria ter julgado que seria injusto e desnecessário e dito a ele que não ficaria. Mas ficou. Não tenho nada contra Yoko, e reforço que o grande culpado pela separação da banda foi quase exclusivamente o John mesmo. Uma ingratidão total àquilo que o deu sucesso e dinheiro. Quanto a Yoko, nada contra. John, apesar de um grande mané, é meu Beatle favorito

  6. Com certeza a gente tem que respeitar a yoko se somos plenamente fas dele ela foi o grande amor da vida dele nao tenho nada contra ela . Fiquei com muita do de cynthia ela deve ter vivido momentos dificeis na vida dela e julian tambem … john e george sao meus favoritos os amo

  7. Marcos Sérgio Lemes

    Concordo plenamente com Lizzie até porque nunca entendi esta implicância com Yoco, uma vez que a mesma não pode em hipótese alguma ser chamada de oportunista por ser de uma família tradicional e milionária do Japão. Eu tenho comigo que onde não cabe a minha esposa também não me cabe. Com Lennon não era diferente e ele sempre esteve certo..

  8. A Yoko nunca foi flor que se cheire.Não foi ela que acabou com Os Beatles,mas colaborou para isso acontecer.Mas não é por isso só por isso que gosto não dela, também por que,ela fazia a cabeça de John, e também ficava opinando nos ensaios dos Beatles,e ela canta super mal quando canta ”do jeito que vocês sabem como”(gritando),porém ela canta bem quando não está ”gritando”.Ela também tem qualidades,se não fosse Yoko,talvez John não seria o que se tornou,não teria composto muitas músicas boas dele.Mas também não estou elogiando essa ”japa magricela” kkkk.Por um lado gosto dela,por outro não,kk.

  9. Só sei que…..eles se amavam de verdade mesmo.É o único amor verdadeiro que conheço.

  10. Mas nem Yoko conseguia controlar John.Sei que ele era super decidido,e que não era obrigado a fazer o que não queria.

  11. Lucas,John batia em Cyntia??????Como assim?Me fale quando puder.

  12. Cyntia foi traída pelas costas quando John começou a ficar com Yoko,e logo depois teve que criar o filho Julian sozinho.Respeito Yoko e Cyntia,mas Yoko não é flor que se cheire.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s