Galeria

“Early Days”, o novo clipe de Paul McCartney

O beatle relembra a juventude com John Lennon em novo clipe que conta com a participação de Johnny Depp.

img-1024324-paul-mccartney-early-days

“Early Days” é um dos pontos altos do mais recente disco de Paul McCartney, New, mas o clipe talvez nunca tivesse sido realizado se ficasse nas mãos do beatle. “Quando eu tenho uma música, não penso em um vídeo”, disse ele. “Tenho certeza de que algumas pessoas pensam, mas eu não. Apenas penso na música, escrevendo e gravando.”

No início deste ano, contudo, o diretor Vincent Haycock enviou um vídeo de teste para “Early Days” que ganhou a atenção de Macca. “É uma música que traz muitas lembranças para mim. É sobre eu e John, nos nossos primeiros dias”, disse McCartney. “Mas Vince veio com essa ideia ótima: em vez de trazer jovens que se parecessem comigo e com John andando pelas ruas de Liverpool, com os violões nas costas e atuando literalmente como na música, por que não colocar dois aspirantes a músicos desconhecidos? Eu achei uma ideia ótima.”

Haycock passou um mês em busca de locações nas cidades Natchez (no estado norte-americano do Mississippi) e Faraday (na Louisiana), e de atores locais para interpretar a história principal do vídeo, que se passa na América do Sul na década de 1950. Ele também viajou para Los Angeles para gravar sessões entre McCartney e outros convidados especiais. “Liguei para Johnny Depp”, disse o ex-beatle. “Eu disse: ‘Venha para cá, vamos sentar juntos e fazer uma jam com esses caras do blues’. Ele disse: ‘Claro, pode contar comigo, cara’. Eu sabia que seria uma oferta que ele não recusaria.”

“Early Days” marca o terceiro vídeo de McCartney ao lado de Depp, desde “My Valentine”, de 2012, e “Queenie Eye”, lançado no ano seguinte. “Ele é quase como um Alfred Hitchcock dos meus vídeos. E ele é ótimo! Ele era músico antes de se tornar ator, sabia? Um dos antigos companheiros de banda dele acabou me ajudando a encontrar a guitarra que eu usei para gravar ‘Cut Me Some Slack’, com Dave Grohl, e com a qual eu ganhei o Grammy. Então, sabia que ele conseguiria tocar.”

As funções de músico e ator, conforme diz McCartney, estão conectadas. “São coisas similares, na verdade. Ringo conhecia Peter Sellers muito bem e Peter queria ser baterista – esta era a ambição mais secreta dele. Você encontra vários caras que tocam e são atores. Há mais deles do que você consegue imaginar. Bruce Willis é um deles, por exemplo. E há pessoas que fazem as duas coisas, como Jared Leto.”

Quanto a ele, o antigo integrante dos Beatles não tem interesse em atuar. “Não, acho que não é para mim”, diz ele. “Eu fico muito constrangido diante de uma câmera. Longe dela, eu posso imitar, fazer isso ou aquilo e eu penso: ‘Eu poderia ser um ator ótimo’. Então quando eles ligam a câmera e dizem ‘ação!’, eu gaguejo. Simplesmente não consigo fazer isso naturalmente.”

“Mas quer saber?”, diz ele, ao fim de uma gargalhada. “Eu tenho mais o que fazer.”

Assista ao clipe de “Early Days”:

Fonte: Rolling Stone

 

Anúncios

2 Respostas para ““Early Days”, o novo clipe de Paul McCartney

  1. Ficou muito lindo. Mas ainda não consegui ver Johnny Depp. Imagino que esteja na sala com os músicos. Terei de ver novamente. A música tem uma letra muito tocante que mostra o tamanho do afeto que os unia. Ninguém poderá tirar nada dele…só ele estava lá. Maravilhoso.

  2. Cara, q video, q musica, q disco!!!! Valeu Macca!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s