Galeria

A história por trás da capa de “Revolver”

001

“Revolver” foi concebido com a difícil tarefa de dar continuidade à evolução apresentada no álbum anterior, Rubber Soul. As referências a temas políticos e sociais estão presentes nas letras, enquanto os arranjos trazem a influência das mais diversas vertentes culturais que os Beatles estavam conhecendo e experimentando naquele momento.

Confira aqui a análise das canções do disco “Revolver”.

Projeto inicial, feito por Robert Freeman

Projeto inicial, feito por Robert Freeman

 Inicialmente programado para se chamar “Abracadabra”, o novo disco dos Beatles tinha uma capa criada pelo fotógrafo Robert Freeman, que desenvolveu uma colagem em forma de espiral, com fotos repetidas da metade do rosto de cada beatle.

Confira aqui a matéria sobre a história de Freeman com os Beatles.

 Não se sabe se o título “Abracadabra” era provisório e não agradou aos Beatles ou se a arte criada por Robert Freeman não era o que eles esperavam. O fato é que o grupo recorreu ao velho amigo Klaus Voormann para criar a arte do novo disco, que a essa altura já tinha também um novo título: “Revolver”, que não fazia nenhuma referência à arma e sim ao movimento de um disco.

z02

Klaus Voormann nasceu na Alemanha e namorava com a fotógrafa Astrid Kirchherr, quando conheceu os Beatles, na temporada em que a banda tocou em Hamburgo. Klaus e Astrid faziam parte dos “exis”, um grupo de jovens artistas existencialistas do início dos anos 60. O casal era referência aos Beatles na forma de se vestir e se comportar. Pouco depois de conhecerem a banda, Astrid terminou o namoro para assumir uma relação com o então baixista dos Beatles, Stuart Sutcliffe.

Criador e criatura - Klaus Voormann ao lado de "Revolver"

Criador e criatura – Klaus Voormann ao lado de “Revolver”

O convite partiu de John Lennon, que entrou em contato com o velho amigo e pediu que ele desenvolvesse a capa de “Revolver”. Voormann produziu cinco desenhos diferentes e escolheu um para oferecer como ideia inicial. A banda e o empresário Brian Epstein aprovaram a concepção e o artista deu continuidade à arte, baseada em uma colagem que misturava desenhos com fotos dos Beatles feitas pelo fotógrafo Robert Whitaker. Duas dessas fotografias – uma de John Lennon e outra de George Harrison – já haviam sido incluídas na contracapa do disco “Rubber Soul”.

Início do processo de concepção da capa

Início do processo de concepção da capa

 O resultado final, que apresentava o perfeito contraste da simplicidade com o psicodelismo, agradou os Beatles em cheio. Paul McCartney comentou na ocasião: “Adoramos a maneira em que ele nos colocou, com fotos saindo das cabeças e dos ouvidos dos desenhos. Ele já nos conhecia o suficiente para capturar nossa imagem de uma forma muito bonita em sua arte. Nos sentimos muito elogiados”.

Capa de "Revolver"

Capa de “Revolver”

Contracapa

Contracapa

Nesta altura da carreira, os Beatles estavam cada vez mais focados no controle sobre sua música e sua imagem. Na época em que estavam produzindo “Revolver”, durante uma entrevista, Paul declarou: “Nós estamos interessados em muitos assuntos que até então não havia chamado nossa atenção. Temos milhões de ideias novas!”. Pelo resultado do disco e pelo que ainda viria, podemos ver que ele estava certo.

008

“Revolver” foi lançado no Reino Unido em 05 de agosto de 1966 e três dias depois, nos EUA. O LP chegou ao primeiro lugar nas paradas britânicas em 10 de agosto.

Klaus Voormann recebeu o valor de 40 libras pelo seu trabalho e ganhou o Grammy de Melhor Capa de Álbum de 1966.

009

Arte de Klaus Voormann, inspirada na capa de “Revolver”

Voormann mais tarde atuou como baixista em alguns discos de John Lennon, Ringo Starr e George Harrison, e chegou a se apresentar ao vivo com John e a sua Plastic Ono Band. Além disso, foi baixista do grupo Manfred Mann e produtor musical.

Em 1988, ele criou a capa do single “When We Was Fab”, de George Harrison. A arte era inspirada na imagem de George em “Revolver”, juntamente a um desenho atualizado, no mesmo estilo.

Arte do projeto "The Beatles Anthology"

Arte do projeto “The Beatles Anthology”

Em 1995, Klaus Voormann produziu a arte dos lançamentos da série “The Beatles Anthology”.

Em seu site oficial, há alguns de seus trabalhos: http://www.voormann.com/

Por Edcarlos da Silva
@edcarlosdasilva

Artigos Relacionados:

A História Por Trás das Capas

Robert Freeman, o fotógrafo favorito dos Beatles

Anúncios

Uma resposta para “A história por trás da capa de “Revolver”

  1. Boa matéria, parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s