Galeria

100 vezes “White Album”

Artista plástico americano mistura o áudio de 100 “álbuns brancos” dos Beatles em uma única e impressionante gravação.

Dust_and_Grooves_3429

O disco mais conhecido como “The White Album”, por sua capa extremamente minimalista, completa 46 anos em 2013. O LP duplo, que não trazia mais nada em sua capa exceto o nome da banda em alto relevo e o número de série impressos sobre um fundo predominantemente branco, tornou-se um dos lançamentos mais importantes e um dos itens mais cobiçados pelos fãs do quarteto de Liverpool.

É tanto que o artista plástico Rutherford Chang decidiu que este era o único disco que precisava ter na sua coleção, e hoje ele possui nada menos que 902 (e contando) “álbuns brancos” em casa – com um detalhe importante: são todos da primeira prensagem realizada em 1968, organizados e catalogados pelo número na capa.

O americano contou para o site Dust & Grooves Vinyl Culture, quando ainda tinha “apenas” 693 discos para mostrar, que não se importava com o estado em que o LP se encontrava, o fascinante, para ele, é ver as capas degastadas pelo tempo ou rabiscadas pelos antigos donos. Mesmo assim, ele separou alguns vinis da sua coleção e fez uma experiência interessante.

Dust_and_Grooves_3542

Rutherford colocou 100 “álbuns brancos” para tocar todos de uma vez e obteve um resultado, no mínimo, impressionante. Como cada disco possui suas próprias imperfeições em momentos diferentes da execução, às vezes escutamos a música em uníssono, como “Back in the U.S.S.R.”, mas o mais comum é que elas se misturem em algo totalmente novo – como, por exemplo, “Ob-La-Di, Ob-La-Da” e “While My Guitar Gently Weeps”.

Para fazer isso, o artista primeiro passou para o formato digital o áudio de cada um dos vinis e depois editou, colocando um sobre o outro. Você pode ouvir como ficou abaixo:

Fonte: Revista Esquina

Anúncios

3 Respostas para “100 vezes “White Album”

  1. Cara, muito incrível, muitas vezes um som atrasado junto com o outro adiantado, fica um estilo muito psicodélico, transformando o som em uma obra mais incrível ainda!!!

  2. Lourdes Barros

    Existem fãs e fãs.

  3. incrível demais, não há como descrever

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s