Galeria

“Be my baby” – Lennon na sua melhor interpretação sexy!

roots1_lNo início de 1975, John deparou com um álbum lançado sem autorização: era o famoso e hoje raríssimo John Lennon Sings Great Rock´n´Roll Hits – Roots.

Era um disco que John vinha gravando desde 1973 e que continha os rocks antigos de que tanto gostava e que, de certa forma, os inspirou na criação de muitas das suas canções.

Brigas a parte, John viu então a necessidade de lançar logo o álbum Rock’n’Roll, pela EMI, único álbum em que John não assina nenhuma canção, apenas canta sucessos antigos. O disco foi produzido por ele e Phil Spector e traz pérolas como Slippin´and Slidin´ de Little Richard, Be-Bop-A-Lula de Gene Vincent e Peggy Sue de Buddy Holly.

E o Roots, mesmo sendo um piratão, conseguiu chegar aos dez mais das paradas de sucesso dos EUA e do REINO UNIDO. Porém, John exigiu a retirada do disco de circulação e ainda embolsou uma bela grana pelo processo evidentemente ganho contra a gravadora Adam VIII.

E a postagem de hoje é da canção Be My Baby, de Ellie Greenwich / Jeff Barry e Phil Spector, que só foi lançada no álbum Roots e originalmente gravada pelas The Ronettes em 1963. John!

Por Carlos Edu Bernardes
@careduber

Conheça os outros artigos da coluna Beatles Outtakes

Anúncios

4 Respostas para ““Be my baby” – Lennon na sua melhor interpretação sexy!

  1. Quando ouvi essa música apaixonei…

  2. Demais, Carlos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s