Galeria

I don’t believe in…

Há uma lenda que diz que John Lennon pretendia colocar a frase “I don’t believe in…” no encarte de seu “Plastic Ono Band” de 1970, que incluía a poesia incrédula de “God”, uma  canção em que o próprio John renegava suas crenças, amores, filosofias, valores, ídolos e líderes.

A canção dizia que “Deus é um conceito pelo qual podemos medir nossa dor” e mostrava o lado ferido de Lennon, além de sua ironia habitual.

Se na capa de Sgt. Pepper’s vetaram seu pedido de incluir Hitler e Jesus entre as personalidades, Lennon descontou na letra de “God”, onde cita os dois. Nem Dylan (ídolo de John) foi poupado, já que em sua lista de “I-don’t-believes” consta Zimmerman, sobrenome do músico americano. Tampouco poupou os Beatles, provando que no auge de sua agonia, era capaz até de renegar a banda que o tornou famoso.

A ideia de incluir a frase “I don’t believe in…” no encarte do disco, seria para que cada um pudesse fazer sua própria lista de incredulidades. Isso se juntou a um outro pensamento que eu tenho desde que ouvi “God” pela primeira vez: Se Lennon estivesse vivo, qual seria sua lista de “I-don’t-believes”? Incluiria apenas suas decepções com o mundo atual ou também citaria novos “fenômenos” que a mídia nos impôs?

Por isso resolvi remontar a estrofe da canção, com minha própria lista de “I-don’t-believes”. Fique à vontade para incluir a sua lista nos comentários.

“I don’t believe in” hacker de Facebook e em quem compartilha e diz “amém” (quem é vítima do primeiro ou adepto do segundo, não merece respeito). Em em ideologia partidária, em sertanejo universitário e em mouse de bolinha.

Não acredito na Oi/BRTelecom, que todo mês apronta uma e me deixa sem internet e na tele-entrega em 30 minutos. Em gente que acorda feliz, em crítica especializada e em quem diz que “só adiciona quem conhece”.

I don’t believe  em pagodeiros cantando Hey Jude, mas também não acredito em sertanejos que cantam Pink Floyd..

Não acredito na Rede Globo, mas também não acredito na Rede Record, que vive tentando me fazer desacreditar ainda mais na outra emissora.

I don’t believe in  Big Mac, Big Bang, Big Ben e Big Brother (exceto aquele do livro de George Orwell).

“I just believe in me” e no efeito colateral do Dramin, que me abaixa a pressão e me deixa dopado justo quando preciso trabalhar.

É isso! The dream is over.

Espero a lista de vocês nos comentários.

Por Edcarlos da Silva
@edcarlosdasilva 

24 Respostas para “I don’t believe in…

  1. Adriano Araujo

    Eu não acredito em John Lennon, um babaca louco que não tinha coragem de dizer um “I don’t believe in Yoko”, e que cuspia no prato em que comeu nos anos 60, os Beatles. Isso na minha opinião é um desrespeito a suas origens, a seus fãs, os responsáveis direto pela sua fortuna.
    Se John Lennon falava o que pensava, era melhor que ele guardasse pra ele todo esse pensamento egocêntrico e de pouco respeito.
    Adoro as músicas de Lennon, mas a sua filosofia de vida é absurda, um tapa na cara dos seus próprios fãs. Por isso e por outras e tantas razões que prefiro muito mais apreciar a obra de um cara sensato chamado James Paul McCartney, do que a de Lennon.

    abraço.

    Adriano

    • Ihhhh Amigo, você tá viajando! Realmente Lennon na época que fez esta música estava sim renegando tudo! isso é fato! Mas depois tudo mudou, tanto é que ele até reconheceu que os Beatles poderiam voltar. Quem nunca passou pro fases de revolta e agonia?? Quem nunca foi incrédulo sobre alguém ou alguma coisa?? O talento e a diferencial do John Lennon era justamente esse. Ele era um errante, injusto talvez, mas humano, assim como nós…essa é a graça de curtir e ter ele como ídolo. temos como obrigação entender o contexto de suas atitudes e declarações, ele nunca negou nada do que citou em GOD.. E a questão do egocentrico eu discordo, será mesmo que Lennon é mais egocentrico que o Macca?? Duvido ein! Aliás não foi essa rivalidade de egos que fez com que a rivalidade (amizade) dos dois nos presenteasse com lidnas músicas?? Fica a dica: julgue menos, entenda mais! todos nós somos errantes.

  2. Discordo do post acima.
    É por falar o que desse na telha que surgiram muitas das grandes obras do Lennon. Música boa é feita assim, é vomitada mesmo.
    Sobre a filosofia de vida dele, sei lá… John sofreu muito, tomou muito na cara, acho que isso fez dele uma pessoa meio atrapalhada. Falava o que falava, mas quem garante que não se arrependia depois?

  3. Bom, eu acho que era um misto de duas coisa: Vontade de falar o que dava na telha (característica de sua personalidade) e vontade de criar polêmica. Não vejo mal nisso. Acho que a arte não pode seguir padrões ou ser submissa, do contrário, não expõe o que o artista sente de verdade.

  4. eu não acredito em john lennon, nem naquilo que ele DISSE que não acreditava. Eu não acredito que ele não acreditava nos beatles, no elvis e em Deus. É obvio que acreditava; Eu não acredito em pessoas, como john, que falam coisas da boca pra fora por momentaneas raivas e inseguranças.

  5. @_alinedipaula

    I don’t belive…
    em tudo o que vejo na TV, em pessoas que são alegres o tempo todo, em gente que se faz de “durona”, em operadora de celular, no Papa, em fanáticos religiosos, no meu gato de estimação, em partidos de direita,
    nem de esquerda, na NASA, no governo, em cabelo loiro, em salto alto e celebridades pop. Chega!!!! tem tanta coisa que me incomoda nesse mundo…
    Obs: Marcelo, disse tudo (y)

  6. Adriano Araujo

    Fã é igual mulher de malandro mesmo, é igual torcedor de futebol, o time perde e o zé mané ainda aparece no saguão do aeroporto pra protestar. kkkkkkkkkkk
    O John Lennon foi um cara rebelde, depressivo, quis lutar pela paz mundial, mas nunca teve a sua própria paz interior. Foi um gênio da músico, concordo plenamente, mas um imbecil nas declarações em público. Ganhou grana com muitas músicas na epóca dos Beatles, que depois nos anos 70, as taxou de músicas idiotas e descartáveis. ex.: And Your Bird Can Sing.
    O cara ter sofrido na infância, ter perdido a mãe e parari parara, não justifica ser hipócrita com seus fãs. Isso não é fazer arte com vômitos, isso é vomitar na boca de todos aqueles que curtiam o seu som na época dos Beatles.

    Paul McCartney também perdeu a mãe quando adolescente, nem por isso chegou ao ponto de falar o que Lennon falava.

  7. I don’t belive…
    Em “guerras santas”, em popularidade virtual, em preconceito contra héteros e “brancos”, em pseudo-intelectuais, em subcelebridades, hippies (É!), em diet, light e ditadura da magreza, da beleza e da perfeição. I don’t belive… em hollywood, em vampiros bonzinhos, em comédias de mau gosto, na mídia que subestima a inteligência alheia, em intelectuais que foram adeptos ao nazismo (mesmo que apenas em um primeiro momento). I don’t belive… na igualdade, em caridade e em sonhos. I don’t belive… no amor.

  8. Eu não acredito na comparação entre Lennon e McCartney.

  9. Querem saber concordo(mais ou menos) com John lennon: I don’t believe in Jesus, I don’t believe in bible, I just believe in me, John Lennon, beatles and me!

  10. AAAH MARCELO FOI MAL, Ñ FOI VC KE FALOU, FOI O ADRIANO ARAUJO, 1000 DESCULPAS…. DESCULPAS BEATLEMANIACAS =D

  11. “I don’t believe”… que ainda tem gente discutindo pra impor sua opinião e forçar os outros a uma realidade individual…
    e a internet só piorou isso…

    gostei da reflexão

  12. (2) pra Jana.

    E eu nao acredito no Edcarlos.😛😛

  13. Hahahahaha “Me inclua fora dessa”, Evil.

  14. I don’t believe em quem discute preconceitos contra minoriais, pois a discussão real deveria ser a exclusão da maioria. Maioria que passa fome, que não tem um tratamento digno seja na saúde ou na educação.
    I don’t believe em nada que eu não possa ver, sentir ou tocar. Isso inclue todo tipo de Deus.
    I don’t believe que num mundo onde já teve Beatles, Elvis as pessoas chamem de música bandas coloridas, sertanejos (esses iguais sem raiz, sem história), pagodeiros que surgem aos momentos cantando uma música igual a outra ou funkeiros que preferem denegrir a imagem da mulher ao invés do amor a elas.
    I don’t believe em quase tudo, I don’t believe em muita coisa. Mas no fim não perco as esperanças em acreditar que as coisas melhoram. Acreditar e trabalhar pra isso.

  15. Eu não acredito em gente que se diz beatlemaníaca mas só sabe Hey Jude😀
    Entrando na discussão sobre o John, cara, é exatamente por isso que eu o amo. Nunca fingiu nada, sempre foi verdadeiro. E nunca vi ele renegar algum fã. E pra quem não sabe, ele estava fazendo terapia quando escreveu “God”. Quem nunca odiou todo mundo num momento de desespero? Vai dizer que nunca xingou um amigo num momento de raiva? E dizer que ele nunca teve paz de espírito é um erro. Já ouviu as músicas do Double Fantasy? Encher a boca pra criticar o John e botar o Paul num pedestal é bem comum. Amo os dois, mas o John nunca foi mais errado que o Paul, assim como o Paul nunca foi mais perfeito que o John. São personalidades diferentes, só isso.

    • Adheli Tavares vc falou td, o q me faz gostar do John e essa coisa humana dele de errar e as vezes ser o maior escroto, e outras ser totalmente da Paz, John n é o tipo de ídolo q queria ser elevado como deus ele só queria ser ele mesmo, ele n queria q os fãs o imitassem nem q copiassem sua filosofia de vida ele só queria ser ele mesmo, John passou os últimos 10 anos de sua vida procurando paz interior eu n sei se ele achou e nem mesmo Yoko deve saber, eu só sei q ele foi um gênio na música e apenas um Humano na vida pessoal um humano q sente raiva, amor, e dor, Paul foi e é um grande músico mais ficar comparando os dois e ridículo John é John, Paul é Paul, e Paul pode também ter perdido a mãe mas em termos de ciência provasse q nem todos reagem da mesma forma a um trauma, e isso é obvio.

  16. Adriano Araujo

    Eu não acredito que Paul está vivo, e mesmo se eu acreditasse isso não faria diferença
    Eu não acredito que os Beatles usavam drogas
    Eu não acredito que o John teve coragem de incluir no Album Branco aquela merda sonora chamada Revolution #9
    Eu não acredito que Helter Skelter tem uma versão de 20 e poucos minutos
    Eu não acredito que chamaram a Yoko de macaco parasita, “coitada dela”
    Eu não acredito que o Ringo foi deixado de lado em Love me Do por um baterista de estúdio
    Eu não acredito em Hare Krisna
    Eu acredito que o Guru Maharishi dava uns pegas nas suas seguidoras
    Eu não acredito como tanta merda pode sair da minha cabeça, enquanto eu devia estar trabalhando.

  17. Eu não acredito em pessoas e em qualquer coisa que venha delas. Inclusive “Deus”.

  18. ok, Adriano Araujo falou tudo! kkkkkk (no primeiro comentario, nao nos treco de i don’t belive okay)

  19. I don`t believe in friendship, I just believe in my husband and me.🙂

  20. Eu não acredito que pra ser fã de alguém vc tenha q ser fã da pessoa, inclusive. Sou fã do músico Lennon, do compositor Lennon, do cantor Lennon, e td isso é muito maior do q qualquer romance q ele teve, de qualquer desilusão ou pensamento seu q ele tornou público. O lado pessoal, os conflitos internos, os relacionamentos, pouco me importam. O legado dele é a arte dele, indiscutível e imortal, e não as opiniões e os posicionamentos.

  21. E e daí se o cara queria dizer ou não que não acreditava em Deus? Tem gente que não acredita, assim como gente que acredita, cada um com a sua crença e sua religião, ninguém é obrigado a achar que Deus existe, assim como ninguém é obrigado a ser ateu, respeito se têm das duas partes.

  22. Eu não acredito no Brasil
    Eu não acredito que um país onde a fome bate a porta e os doentes morrem a míngua,ainda quer sediar uma Copa
    Eu não acredito no Governo
    Eu não acredito na mídia
    Eu não acredito em quem não respeita o próximo
    Eu não acredito e não aceito a realidade
    Eu não acredito em pessoas que me chamam de “querida”
    Eu não acredito que com tantas músicas boas pra se ouvir,tem gente que ainda ouve funk depravado
    Eu não acredito que tem gente que odeia literatura
    Eu não acredito em PID,e não consigo acreditar que exista gente com mente pra acreditar nisso
    Eu não acredito que as brigas entre o John e Paul fossem pra valer
    Só acredito que o amor é a solução pro mundo
    😉🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s